Reprodução/Instagram Aidan Ravin
Reprodução/Instagram Aidan Ravin

Ex-prefeito de Santo André morre aos 59 anos por complicações da covid-19

Aidan Ravin (Republicanos) contraiu a doença em maio de 2020, teve alta, mas precisou ser internado novamente no fim do ano por problemas no fígado decorrentes do vírus

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2021 | 10h39

O ex-prefeito de Santo André Aidan Ravin (Republicanos) morreu neste domingo (10), aos 59 anos, por complicações hepáticas após contrair a covid-19 em maio de 2020. Ele governou o município vizinho à capital paulista entre 2009 e 2012 pelo PTB e foi candidato a vereador nas eleições do ano passado. A informação foi dada por Silvio Ravin, irmão de Aidan, em uma publicação no Facebook.

De acordo com informações do jornal Diário do Grande ABC, Ravin chegou a receber alta de sua primeira internação em maio, mas voltou para o hospital no fim do ano com problemas no fígado. A equipe médica chegou a solicitar um transplante do órgão, mas o procedimento não foi autorizado porque o ex-prefeito ainda apresentava uma "série de sequelas" do coronavírus.

O atual prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), lamentou o falecimento de Ravin. "Deixa legado como médico da nossa rede municipal de Saúde e também como gestor público", publicou o tucano no Instagram.

Um dos principais adversários políticos de Ravin em Santo André, o PT também emitiu nota sobre a morte do ex-prefeito. "Travamos grandes debates no exercício da democracia, mas sempre com o respeito e nos debates de grandes ideias. Nossa solidariedade a toda sua família e amigos, em especial a sua esposa Denise", afirmou o diretório municipal da legenda.

Além do mandato de prefeito, Ravin foi vereador em sua cidade natal, eleito pelo PDT em 2004. Em 2006, foi candidato a deputado estadual pelo antigo PPS (hoje Cidadania), mas não se elegeu. Perdeu a tentativa de reeleição a prefeito em 2012 para Carlos Grana (PT).

Depois, disputou outras quatro eleições, sem sair vitorioso em nenhuma: em 2014, tentou uma vaga na Câmara dos Deputados pelo PSB. Dois anos depois, pelo mesmo partido, tentou retornar à prefeitura, mas acabou em terceiro lugar; em 2018, pelo Podemos, tentou novamente ser eleito deputado federal; e em 2020, disputou vaga na câmara municipal. / COLABOROU MATHEUS LARA

Tudo o que sabemos sobre:
Santo André [SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.