Ex-ministro Sérgio Amaral sofreu complicações após cirurgia

O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, embaixador Sérgio Amaral, está internado desde quinta-feira na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Submetido a uma cirurgia para retirada da vesícula, o ex-ministro, segundo informações de pessoas próximas à família, foi vítima de complicações pós-operatórias.Segundo essas fontes, durante a cirurgia, realizada por uma equipe comandada pelo médico Raul Cutait, o embaixador teria sofrido uma perfuração de intestino, o que tornou necessárias duas outras intervenções de emergência.Em boletim que divulgou hoje à noite, a respeito do caso, o hospital Sírio Libanês informa que Amaral "foi operado no dia 13 de março para a retirada da vesícula biliar. O paciente evoluiu com um quadro de infecção abdominal, já controlada, e encontra-se em plena recuperação pós-operatória." A nota conclui afirmando que a alta hospitalar está prevista para os próximos dias.Nomeado embaixador do Brasil em Paris, o ex-ministro deveria ser sabatinado hoje pela Comissão de Relações Exteriores do Senado. Antes de assumir o ministério no governo Fernando Henrique Cardoso, em 2001, Amaral foi embaixador em Londres e, antes, porta-voz da Presidência. No sábado, ele foi visitado pelo ex-presidente Fernando Henrique. Hoje, seu sucessor no Ministério do Desenvolvimento, Luiz Furlan, aproveitou uma ida a São Paulo para compromissos oficiais e também passou pelo hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.