Ex-governador Leonel Brizola é declarado anistiado político

Pedido foi feito pela viúva de Brizola; Maria Pinheiro poderá solicitar que o cálculo da pensão

Agência Brasil

13 de outubro de 2008 | 16h14

A comissão de anistia do Ministério da Justiça declarou nesta segunda-feira, 13,  o ex-governador Leonel Brizola como anistiado político. O pedido foi feito pela viúva de Brizola, Maria Guilhermina Martins Pinheiro. Com isso, ela poderá solicitar que o cálculo da pensão pago pela Câmara dos Deputados leve em conta os dois anos de mandato em que o político ficou isolado. Segundo a presidente da Associação Brasileira de Anistiados Políticos, Alexandrina Cristensen, o valor recebido por Maria Guilhermina que hoje é de cerca de R$ 2 mil poderá ficar em torno de R$ 6 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
Leonel Brizola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.