Ex-general Yaalon é nomeado ministro da Defesa de Israel

O ex-general Moshe Yaalon foi nomeado neste domingo o novo ministro da Defesa de Israel, no lugar de Ehud Barak. "Num período tão crítico da segurança do Estado de Israel, com todas as regiões ao nosso redor em turbulência, é importante que este posto seja ocupado por um homem tão rico em experiência como Moshe Yaalon", disse em comunicado o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Agência Estado

17 de março de 2013 | 11h33

Yaalon, de 62 anos, é membro do mesmo partido de Netanyahu, o Likud, e nos últimos quatro anos fez parte do círculo interno de ministros. Ele tem sido um forte defensor da ocupação dos judeus na Cisjordânia, mas tem se mostrado mais moderado em relação ao Irã. Yaalon foi o chefe das forças armadas de 2002 até 2005.

Neste sábado à noite, Netanyahu notificou formalmente o presidente Shimon Peres, que depois de 40 dias de difíceis negociações, conseguiu formar um novo governo.

O novo governo tomará posse nesta segunda-feira, apenas dois dias antes da chegada do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em sua primeira visita a Israel e aos territórios palestinos desde que foi eleito da primeira vez, há mais de quatro anos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.