Ex-funcionários festejam posse de imóveis da Cobrasma

Uma grande manifestação pública marcará o ato de posse, por parte dos cerca de 1.200 ex-funcionários, dos bens imóveis da Cobrasma S/A, indústria do setor rodoferroviário que fechou em 1995. O ato, segundo informa José Luiz Rodrigues, ex-trabalhador da empresa, ocorrerá no próximo sábado, dia 20, em frente ao portão principal da fábrica em Hortolândia, região de Campinas, a partir das 9h30. Rodrigues explica ainda que a transferência dos bens da Cobrasma (prédios e terreno) resulta de uma decisão judicial e visa a compensar os ex-trabalhadores, que desde a falência da empresa não receberam integralmente as verbas rescisórias, num montante de R$ 50 milhões. O processo trabalhista que resultou na apreensão judicial dos bens da Cobrasma foi instaurado pelos sindicatos dos metalúrgicos das regiões de Osasco e Campinas. A conclusão do processo ocorreu no primeiro semestre deste ano. Além de festejar a vitória judicial, a feste tem por objetivo também chamar a atenção de eventuais interessados na compra dos imóveis. Os recursos obtidos com os bens será utilizado para pagar os direitos trabalhistas de cada um os ex-funcionários da Cobrasma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.