Divulgação Alesp
Divulgação Alesp

Ex-deputado estadual Edmur Mesquita morre por complicações da covid-19

Um dos fundadores do PSDB, Mesquita estava internado no Hospital das Clínicas, em São Paulo

Rubens Anater, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2022 | 15h07

O ex-deputado estadual Edmur Mesquita faleceu neste sábado, 12, depois de uma semana internado na UTI do Hospital das Clínicas, em São Paulo, por complicações causadas pela covid-19.

Mesquita já havia tomado as três doses da vacina contra a covid, mas foi diagnosticado com a doença em janeiro e precisou ser internado no dia 4 de fevereiro. O ex-deputado convivia com a doença de Parkinson há nove anos.

O velório e o sepultamento foram marcados para domingo, 13, no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, sua cidade natal.

Política

Mesquita começou sua vida política pelo PMDB, sendo o vereador mais votado da cidade de Santos em 1982.

Em 1988, foi um dos fundadores do PSDB, além de presidente do diretório municipal do novo partido. Pelo PSDB, elegeu-se deputado estadual em 1998 e concorreu à prefeitura de Santos em 2000.

O ex-deputado também atuou como secretário-adjunto de Cultura no Governo de São Paulo, vice-presidente da Fundação Casa, diretor-executivo da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), e, mais recentemente, assessor técnico na Secretaria de Governo da Prefeitura de Santos.

Em honra ao político, a cidade decretou luto oficial de três dias.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.