Ex-deputado Carli Filho irá a júri popular

A Justiça do Paraná decidiu na tarde de hoje manter a decisão de levar a júri popular o ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho. Ele é acusado de atropelar e provocar a morte de Gilmar Rafael Yared, de 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, de 20 anos, além de dirigir sem carteira de habilitação.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

16 de junho de 2011 | 16h42

O acidente aconteceu em Curitiba, em maio de 2009. Segundo laudo do Instituto de Criminalística (IC), ele estava a uma velocidade entre 161 e 173 km/h. O ex-deputado confessou que havia tomado vinho antes de dirigir. Em janeiro deste ano, a 2º Vara do Tribunal de Júri decidiu que o caso fosse julgado em júri popular, mas a defesa de Carli entrou com recuso.

Tudo o que sabemos sobre:
júri popularex-deputadoCarli Filho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.