Ex-deputada estadual de Rondônia é presa em Porto Velho

Ellen Ruth estava foragida há mais de um ano, quando foram expedidos mandados de prisão contra ela e outros seis ex-deputados após Operação Dominó

Elisa Clavery, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2017 | 19h15

A ex-deputada estadual de Rondônia Ellen Ruth foi presa na manhã desta sexta-feira, 21, em Porto Velho, pela equipe do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público estadual de Rondônia. Foragida há mais de um ano, quando foram expedidos mandados de prisão pelo Tribunal de Justiça do estado, Ellen foi condenada pela prática de peculato, quadrilha, corrupção passiva e concussão após deflagração da Operação Dominó. À época, a ex-deputada era filiada ao Partido Progressista.

Em 2016, foram determinados o cumprimento dos sete mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça de Rondônia. Além de Ellen, outros seis ex-deputados foram condenados pelos mesmos crimes: Marcos Antônio Donadon, João Batista dos Santos, João Ricardo Gerólomo de Mendonça, Haroldo Franklin de Carvalho A. dos Santos, Ronilton Rodrigues Reis, Daniel Neri de Oliveira. As penas podem chegar a 17 anos de prisão.

Segundo o MP-RO, a operação teve apoio do Gaeco do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Federal de Rondônia. A Operação Dominó foi deflagrada em 2006 e as condenações estavam suspensas, aguardando o julgamento de recursos nas cortes superiores de Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.