Ex-assessor de imprensa de Palocci presta depoimento na PF

O ex-assessor de imprensa do Ministério da Fazenda, Marcelo Netto está na Polícia Federal para prestar depoimento no caso da violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa.Netto chegou acompanhado do advogado Eduardo Toledo, bastante abatido. Em rápida entrevista, o advogado disse que seu cliente é inocente.Ao ser perguntado sobre o motivo da presença de Marcelo Netto na casa do ex-ministro Antonio Palocci, quando o ex-presidente da Caixa Econômica Federal levou o extrato da conta do caseiro, Toledo disse que é normal a presença de um assessor na casa do então ministro, principalmente naquele momento de crise.Netto será interrogado sobre a suspeita de que teria deixado vazar para a revista Época as informações sobre a movimentação registrada na conta do caseiro na Caixa Econômica Federal. Netto tem um filho que trabalha na revista.Na quinta-feira, à noite Palocci foi indiciado pela PF como participante da violação do sigilo. O depoimento do ex-ministro aconteceu na residência oficial do Ministério da Fazenda, onde Palocci tem direito de permanecer por 30 dias, contados a partir da demissão. O depoimento aconteceu um dia antes do previsto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.