Ex-assessor de Dirceu ganha cargo em município do Rio

Derrotado nas urnas na disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados, Marcelo Sereno (PT-RJ), ex-assessor especial de José Dirceu na Casa Civil, foi nomeado secretário de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Petróleo de Maricá, na Região dos Lagos fluminense. O município espera ter um salto na arrecadação de royalties nos próximos anos, podendo receber cerca de R$ 240 milhões por ano com a exploração de petróleo na Bacia de Santos.

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2010 | 10h42

Sereno foi empossado ontem pelo prefeito Washington Quaquá (PT), mas informou que não vai comentar sua nomeação para o cargo. Conforme sua assessoria de imprensa, o novo secretário foi escolhido pela experiência na área da administração pública.

De acordo com a prefeitura de Maricá, o secretário de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Petróleo tem o papel de "buscar investimentos privados para o município e apresentar as potencialidades da cidade em diversos âmbitos". A expectativa de políticos locais é de que Sereno aproveite seus contatos com o governo federal para beneficiar a cidade.

Além de ter sido assessor de Dirceu, Sereno é economista, integrou a Central Única dos Trabalhadores (CUT), participou do governo de Benedita da Silva, no Rio, em 2002, e foi secretário de Comunicação do PT, em 2005. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.