Eurico não foi cassado por conivência de Aécio, diz senador

O senador Álvaro Dias (PDT-PR)acusou nesta quinta-feira, em discurso no plenário, o presidente da Câmara,Aécio Neves (PSDB-MG), de ter sido conivente com o arquivamentodo processo de cassação do deputado Eurico Miranda (PPB-RJ),denunciado por quebra de decoro parlamentar. Para Dias, o arquivamento do processo mancha a imagemexterna dos políticos e foi promovido por uma troca de favoresentre Neves e o deputado Severino Cavalcanti (PPB-PE). "Foi lamentável a decisão da Mesa. Isso enxovalha aimagem dos políticos", afirmou Dias, comparando o ato ao mesmoque rasgar os termos que regem o Conselho de Ética e DecoroParlamentar da Câmara. "Tudo não passou de uma encenação dopresidente da Câmara", completou Dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.