Jefferson Rudy/Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado

Eunício diz que votará em Lula se PMDB não lançar candidato em 2018

Movimento do presidente do Senado vai em direção a uma possível aliança com petista na disputa por reeleição na Casa

Elizabeth Lopes, O Estado de S.Paulo

20 de outubro de 2017 | 10h00

BRASÍLIA - O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que é eleitor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pretende votar no petista, nas eleições presidenciais do ano que vem, caso seu partido, o PMDB, não lance candidato e não faça um entendimento nacional sobre as alianças locais para o pleito. A declaração foi dada ao jornal O Povo, de seu Estado, o Ceará, na noite desta quinta-feira, 19, após abertura do Seminário Empreender, no Sebrae de Fortaleza.

"O PMDB é um partido livre", diz. "Se tiver liberado, se (o voto) for livre, obviamente votarei no presidente Lula", repetiu o senador à publicação. O afago do presidente do Senado a Lula fortalece a tese de que Eunício pode estar se aproximando do governador Camilo Santana (PT) com o intuito de disputar uma das vagas ao Senado, numa eventual aliança com o petista na mesma chapa eleitoral em 2018, onde ele tentará a reeleição. A outra vaga já estaria prometida a Cid Gomes (PDT), irmão do presidenciável Ciro Gomes. Em 2014, Eunício e Santana foram adversários na disputa pelo governo do Estado.

+++ COLUNA DO ESTADÃO: “Meu pai é quadro histórico do PMDB e sempre apoiou o Lula. Não vejo problemas”

No mês passado, o Estadão/Broadcast Político já havia informado que PT e PMDB, rompidos no plano nacional desde o impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff, já negociavam alianças para as eleições de 2018 em pelo menos cinco dos nove Estados do Nordeste, dentre eles o Ceará. Isso em razão da força que Lula ainda possui na região e pelo fato de o PMDB ser o partido com maior tempo de TV e ter o maior número de prefeituras do País, o que seria um bom acordo para ambos os partidos. / COLABOROU IGOR GADELHA

+++ PSOL articula Boulos para Presidência

+++ A esquerda do futuro: entrevista com Gregorio Duvivier

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.