EUA não se opõem a venda de urânio entre "países responsáveis"

"Os Estados Unidos não se opõem a venda de urânio entre países responsáveis na medida em que esses eles obedeçam os protocolos e tratados apropriados, além de agirem de uma forma responsável". Essa foi a declaração de uma autoridade do Departamento de Estado ao comentar a notícia sobre a negociação de um acordo nuclear entre Brasil e China, anunciado pelo ministro da Ciência, Minas e Tecnologia, Eduardo Campos, que integra a comitiva do presidente Lula em viagem à China. Segundo a fonte, os Estados Unidos não estavam cientes dessa negociação de acordo para venda de urânio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.