EUA aprovam teste oral de HIV, com resultado em 20 minutos

O primeiro teste oral para o vírus da Aids, que apresenta resultado em 20 minutos, foi aprovado, hoje, pela Food and Drug Administration dos Estados Unidos. Ele é uma nova opção para tirar dúvidas, além do teste de sangue.Este é o segundo teste rápido para HIV no mercado ? o outro requer que a pessoa faça um pequeno furo no dedo para obter uma gota de sangue.Com a nova alternativa, os agentes de saúde simplesmente esfregam um chumaço de algodão numa goma de mascar e colocam o chumaço num dispositivo especial para obter o resultado. Os dois testes rápidos são produzidos pelo OraSure Technologies Inc.O teste de sangue rápido foi para o mercado em 2002, como um meio de aumentar o número de pessoas que sabiam que estavam infectadas pelo HIV. Até então, os testes rotineiros levavam duas semanas para produzir resultados e 8.000 pessoas, por ano, que testavam positivo em clínicas públicas, nos EUA, nunca voltavam para saber da notícia.O teste oral rápido pode expandir os esforços para se ter mais grupos de alto-risco testados ? não apenas porque algum deles evitam testes de sangue, mas porque testes que não utilizem agulhas são mais seguros para os agentes de saúde.?Este teste oral fornece outra importante opção para as pessoas que temem um teste de sangue?, disse o secretário de Saúde e Serviços assistenciais, Tommy Thompson, ao anunciar a aprovação da FDA. ?Ele melhorará o tratamento dessas pessoas e a saúde pública também.?Estudos comprovam que o teste oral rápido oferece uma eficiência de 99%, diz a FDA. Mas as pessoas que testarem positivo necessitarão um exame adicional de laboratório para confirmar a infecção por HIV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.