''Eu nem sabia'', afirma Lula

O presidente Luiz Inácio Silva afirmou ontem que nem sequer havia tomado conhecimento da notícia de que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu revogar a Lei de Imprensa na última quinta-feira. "Eu nem sabia que foi revogada. Não sabia, não", declarou o presidente, na visita que fez ontem ao Rio de Janeiro. Em janeiro passado, Lula chamou a atenção ao afirmar, numa entrevista concedida à revista Piauí, que não faz parte de sua rotina ler jornais ou revistas, nem acompanhar o noticiário de sites e blogs na internet. E justificou sua aversão à prática: "Porque tenho problema de azia". Apesar de afirmar que não estava por dentro do noticiário, o presidente aproveitou a ocasião para sair em defesa da liberdade de imprensa. Lula disse avaliar que a revogação da Lei de Imprensa não deixa um vácuo nas regras que tratam da atividade jornalística no País. "Acho que não existe vácuo. O que precisamos garantir no Brasil é a manutenção da total liberdade de imprensa no país. A gente pode gostar ou não, achar ruim ou não, mas a liberdade de imprensa é o que garante a consolidação do processo democrático nesse país", concluiu o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.