Estudo mostra hora do dia em que pessoas estão mais acordadas

Cientistas da consultoria de fadiga Awake, elaboraram uma fórmula matemática que determina a hora do dia em que as pessoas estão mais acordadas. A pesquisa, que foi feita a pedido de uma empresa de suplementos alimentares à base de cafeína, foi motivada por um levantamento que diz que 40% dos britânicos sentem sono no trabalho, e que metade admite cometer erros quando cansados. Já 62% disseram que o cansaço afeta suas vidas sociais.O levantamento também mostrou que homens e mulheres sentem sono de formas diferentes. Entre as mulheres, 64% disseram que ficam irritadas quando estão cansadas. Já a maior parte dos homens reclamou que comete mais erros. "Cansaço é uma realidade infeliz para muitos trabalhadores, que tentam equilibrar o trabalho, a família e as responsabilidades sociais", disse o diretor da Awake, Paul Jackson.Já para o médico Neil Stanley, da Sociedade Britânica do Sono, a maior parte das pessoas poderia melhorar sua rotina se conseguissem uma boa noite de sono. "É realmente simples. Se as pessoas estão cansadas durante o dia, é porque não estão dormindo o suficiente à noite", explica. Para ele, estabelecer uma rotina apropriada de sono reduziria o cansaço durante o dia. "Se você estabelecer um ritmo adequado, seu corpo vai aproveitar ao máximo o tempo de repouso, tanto faz se são seis ou oito horas de sono", afirma Stanley."Esta equação simples permite que qualquer um calcule que hora do dia ele se sentirá mais cansado. Assim podemos agendar melhor nossas atividades", observa Jackson. A fórmula é CDA + CT + KF = TMT, onde TMT é o tempo quando o indivíduo está mais cansado. CDA significa "queda circadiana de alerta" ou "ritmos biológicos naturais." CT é a medida do ritmo biológico. KF são os fatores externos, como sono atrasado ou ingestão de bebida alcoólica. Uma demonstração de aplicação da fórmula pode ser encontrada na páginawww.knackerfactor.co.uk.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.