Estudo científico descobre por que os biscoitos se quebram

Por que um biscoito se quebra? Usando raio laser para monitorar mais de perto as linhas falhas de biscoitos saídos do forno, um estudante de doutorado conseguiu estabelecer como os padeiros podem deixar de desapontar os consumidores com biscoitos e bolachas esmigalhados.A descoberta pode resultar num biscoito perfeito, o que parece urgente para os britânicos. Há gerações, o biccy, apelido carinhoso para biscuit, é um ingrediente básico para a cerimônia do chá da tarde, tradição praticada tanto pelos criados quanto pela rainha. Os consumidores que encontram biscoitos partidos em seus pacotes costumam maldizer o fabricante, a transportadora ou os empregados que os empilham nos supermercados.Mas não foram eles os culpados que Qasim Saleem, estudante de engenharia mecânica da Universidade de Loughborough, em Leicestershire, e seus colegas descobriram, quando aplicaram o complexo campo da física na matéria mundana dos biscoitos. A descoberta foi publicada, hoje, na revista Measurement Science and Technology, do Instituto de Física de Londres.Primeiro Saleem e os colegas monitoraram a superfície dos biscoitos, enquanto eles esfriavam à temperatura ambiente. Depois, usando o raio laser, o estudante seguiu as pequenas deformações que evoluem assim que a mistura recobre a borda, fazendo com que o biscoito se expanda, enquanto menor quantidade de mistura, no centro, o faz contrair-se. As pressões resultantes podem partir o biscoito ou deixá-lo mais vulnerável na mão do consumidor.?Agora temos uma grande compreensão do por que os biscoitos desenvolvem rachaduras logo após serem cozidos?, diz Saleem. Em sua opinião, a descoberta deverá ajudar os fabricantes a ajustar a umidade e temperatura de suas linhas de produção para minimizar as perdas. Richard Wildman, o orientador de Saleem, também acha que a pesquisa está longe de ser trivial.Para ele, biscoitos são um produto incrivelmente complicado de gorduras, sólidos e ar, cujos movimentos são difíceis de prever. ?É preciso a alta tecnologia da indústria aeroespacial e o poder na física e engenharia modernas para entender o complicado biscoito. Foi o que Saleem conseguiu.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.