Estudantes protestam no Senado contra arquivamentos

Têm sido frequentes as manifestações populares contra a permanência do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no cargo. Hoje, um grupo de estudantes tentou entrar no prédio do Senado com 12 caixas de pizza, com a intenção de entregá-las ao presidente do Conselho de Ética, senador Paulo Duque (PMDB-RJ). A ação seria um protesto contra o arquivamento das onze ações contra José Sarney e uma contra o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), decretado por Duque na semana passada.

CAROL PIRES, Agencia Estado

11 de agosto de 2009 | 17h32

O regimento do Senado proíbe manifestações dentro do prédio e, por isso, os estudantes foram barrados pela Polícia Legislativa na entrada principal. "Está cheio de ladrão dentro do Senado, mas eles usam os seguranças para evitar a entrada do povo", protestou Rodrigo Grassi, que se anuncia como coordenador do Coletivo Independente de Manifestação e Ativismo.

Como não puderam completar a missão de entregar as caixas de pizza ao senador Paulo Duque, os estudantes deixaram com a imprensa um manifesto pela ética no Senado. "O Senado é muito maior do que o indivíduo Sarney e não pode ser leiloado para garantir pretensões eleitorais de qualquer político. Deve o presidente da Casa ser afastado a fim de garantir a melhor condução das investigações", diz o texto.

Na semana passada, outros manifestantes foram barrados no Senado. Um grupo, formado por cerca de 25 ex-funcionários demitidos da Embraer, sindicalistas da Conlutas e do sindicato de São José dos Campos, entraram nas galerias do plenário e, em silêncio, vestiram máscaras cirurgias e abriram a faixa de protesto contra o presidente do Senado. Foram retirados à força pela Polícia Legislativa e deixaram a galeria ainda gritando em protesto "Fora, Sarney". Na semana passada, um servidor do Banco Central também foi detido pela segurança do Senado por ter gritado "ladrão", quando Sarney se dirigia ao gabinete da presidência. O servidor foi detido por alguns minutos e depois foi liberado.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoJosé Sarneyprotestoestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.