Estudantes protestam contra EUA e Cavallo. Em Curitiba

Estudantes e sindicalistas de Curitiba queimaram hoje o desenho de uma bandeira dos Estados Unidos e de um cavalo, em frente ao Consulado da Argentina, em protesto contra o plano econômico do país vizinho e a política norte-americana em relação aos países latino-americanos. "O Brasil é a bola da vez", afirmou o presidente da União Paranaense de Estudantes Secundaristas (Upes), Edemir Maciel.Para o presidente da União Paranaense de Estudantes (UPE), Madson Oliveira, "o ministro Cavallo está sufocando o povo argentino, desenvolvendo a política neoliberal que hoje está sendo colocada em prática e empurrada goela abaixo do mundo pelos países poderosos, sobretudo os Estados Unidos". Segundo ele, o Brasil já está tendo reflexos da crise argentina. "E pode se agravar", previu. A informação era de que o cônsul tinha ido ao litoral, por isso os manifestantes protocolaram uma carta em apoio ao povo argentino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.