Estudante de engenharia é unico a tirar 100 no Provão

O estudante de engenharia civil Markus Samuel Rebmann, de 23 anos, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), foi o único a tirar nota 100 no Provão, entre os mais de 270 mil universitários avaliados.Depois de tirar fotos e receber os cumprimentos do ministro da Educação, Paulo Renato Souza, em Brasília, Rebmann não deixou de lamentar o adiamento da formatura para março - devido à greve de 107 dias dos docentes - e comentar os salários dos mestres, profissionais que se ?especializaram durante anos?. ?A greve foi justa e os professores têm razão?, disse.Ele é o mais velho dos seis filhos de um missionário evangélico de origem alemã e de uma dona de casa. Integrante de uma família com renda mensal de R$ 1.500,00, Rebmann fez o primeiro e o segundo grau em escolas privadas.Se não tivesse ocorrido greve no campus da UFMS, o estudante já teria deixado a função de estagiário em uma empresa de pré-moldados e assumido o cargo de engenheiro.Como outros alunos com as melhores médias no Provão, Rebmann tem direito a uma bolsa para mestrado ou doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).?Mas só pretendo fazer pós-graduação depois de sentir o mercado, daqui a um ou dois anos?, ressaltou. ?Um engenheiro tem que saber se vender.?Rebmann disse que só recebeu na última terça-feira o convite do MEC para participar da divulgação das notas do Provão. ?Eu fiquei muito surpreso?, disse.Trajando terno escuro, o estudante ficou encabulado ao falar sobre o salário de estagiário e a namorada. Só se soltou quando o assunto foi greve de professores, um tema que muitos preferem esquecer, ou a escolha da profissão. ?Eu não me arrependo de ter feito engenharia civil, não?, afirmou. ?O curso que fiz foi excelente.? Veja a pontuação de cada curso no site do Inep

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.