Estados escolhem mesmos partidos de 2010

A maioria dos eleitores dos 26 Estados brasileiros votou nesse domingo, 26, nos mesmos partidos que escolheram em 2010. Com exceção do Distrito Federal, que votou em Dilma Rousseff (PT) em 2010 e em 2014 escolheu Aécio Neves (PSDB), todas as outras unidades da federação deram vitória às mesmas siglas de quatro anos atrás.

JOSÉ ROBERTO CASTRO, Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2014 | 16h48

O Distrito Federal, único a trocar de partido - do PT para o PSDB -, foi governado por um petista nos últimos quatro anos. O governador Agnelo Queiroz sofreu com a baixa popularidade e não foi reeleito, saindo da disputa ainda no primeiro turno.

Em alguns Estados houve aumento da distância entre vencedor e perdedor, mas em nenhum deles ocorreu uma mudança no partido mais votado. Dilma, por exemplo, conseguiu ampliar significativamente sua vitória em Sergipe e no Rio Grande do Norte.

Em Minas Gerais, Estado apontado por muitos como decisivo na disputa de ontem, a diferença de 550 mil votos em favor de Dilma contra Aécio foi menor do que a alcançada contra Serra há quatro anos - quando o tucano perdeu por cerca de 1,8 milhão de votos. Em Pernambuco, os 70% dos votos válidos alcançados pela presidente também são inferiores aos números de 2010 quando, com o apoio do então governador Eduardo Campos, ela conseguiu 75% dos eleitores.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesEstadospartidos políticos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.