Estado teria pago por obra fantasma

O Ministério Público do Amazonas atestou que o governo do Estado pagou R$ 17,2 milhões a uma construtora por obras não realizadas em cinco municípios e denunciou o caso ao Tribunal de Justiça. O secretário de Infra-Estrutura do Amazonas, Marco Aurélio Mendonça, e os cinco prefeitos foram denunciados por improbidade administrativa. Mendonça diz que só comentará o assunto após ter conhecimento da denúncia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.