Estado sai da lista de inadimplentes

Liminar do ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, retirou o Tocantins de três cadastros de inadimplentes da União, entre eles o Informativo de Créditos Não-Quitados. O fato de fazer parte das listas de inadimplência barrava os repasses do governo federal para a execução de obras sociais. A inclusão do Tocantins nos cadastros se deveu ao não-cumprimento de um convênio com o Ministério da Integração Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.