Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

‘Estado’ e FGV sabatinam economistas da eleição

Fóruns pretendem detalhar propostas dos responsáveis pela elaboração dos programas de governo dos principais candidatos à Presidência

Impresso

29 de julho de 2018 | 05h00

Com o objetivo de aprofundar o debate sobre as propostas dos candidatos à Presidência da República das eleições 2018 para a economia do País, o Estado e o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) vão realizar, em agosto e setembro, em São Paulo, a série de fóruns Os Economistas das Eleições.

A série de eventos reunirá os responsáveis pela elaboração dos programas econômicos das principais candidaturas presidenciais. Serão sete encontros, cada um deles dedicado a um economista.

Na primeira semana, os convidados serão Marco Antonio Rocha, um dos responsáveis pelo programa na área de economia de Guilherme Boulos (PSOL), e André Lara Resende, da equipe econômica de Marina Silva (Rede). Nas semanas seguintes, o evento receberá Gustavo Franco, coordenador da área do programa de João Amoêdo (Novo), e Márcio Pochmann, um dos formuladores do plano de governo do PT para a economia.

Fechando a série, participarão José Márcio Camargo, colaborador da campanha de Henrique Meirelles (MDB), o economista Mauro Benevides Filho, que comanda o plano de Ciro Gomes (PDT) para a área, e Persio Arida, coordenador do programa econômico de Geraldo Alckmin (PSDB).

Paulo Guedes, responsável pelo programa de Jair Bolsonaro (PSL) para a economia, foi convidado, mas preferiu não participar da discussão. O pré-candidato Alvaro Dias (Podemos) não indicou um representante de sua campanha.

Debates econômicos das eleições 2018

Os economistas convidados vão expor os principais pontos do programa econômico de seus candidatos ao Planalto e serão sabatinados por jornalistas do Estado e pesquisadores do FGV IBRE. Os debates serão ancorados pela jornalista Renata Agostini, repórter especial do Estado, e o público presente também poderá fazer perguntas aos convidados.

“A série de entrevistas com os economistas das campanhas presidenciais faz parte do esforço editorial do Grupo Estado para jogar luz sobre as propostas dos presidenciáveis e analisar em profundidade o que planejam os políticos que querem governar o País neste momento tão crucial”, afirma o diretor de Jornalismo do Grupo Estado, João Caminoto.

“Dentro do contexto atual, em que o País atravessa uma dramática crise fiscal, baixo crescimento, alta taxa de desemprego, aumento da insegurança, educação e saúde sucateadas, trazer à tona os principais problemas, num período pré-eleitoral bastante incerto, é, sem dúvida, uma grande contribuição para conhecer melhor as propostas de cada candidato, ampliando o debate”, diz o superintendente do FGV IBRE, Claudio Roberto Conceição.

O primeiro encontro da série de fóruns Os Economistas das Eleições será com Marco Antonio Rocha e ocorrerá no dia 7 de agosto, terça-feira. O segundo convidado será André Lara Resende, no dia 10 de agosto, uma sexta-feira.

Os debates serão sempre realizados a partir das 9h no auditório da Fundação Getulio Vargas em São Paulo (Rua Itapeva, 432, Bela Vista). O encerramento está previsto para as 11h40.

As inscrições para os dois primeiros eventos serão abertas nos próximos dias e anunciadas nas plataformas do Estado e da Fundação Getulio Vargas. A entrada é gratuita e está sujeita à lotação do auditório da FGV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.