‘Estado’ debate a reconstrução do País

Fóruns mensais discutem os caminhos possíveis para o Brasil e os desafios do próximo governo

O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2018 | 05h00

O Estado vai promover a partir deste mês uma série de fóruns para debater os caminhos possíveis para a reconstrução do Brasil, à luz das eleições gerais de outubro. Serão seis eventos mensais realizados em São Paulo com gestores públicos, líderes políticos e representantes da sociedade civil, em torno de uma agenda comum para o futuro do País.

O primeiro está marcado para o dia 27 de fevereiro, quando uma equipe de jornalistas do Estado vai entrevistar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre os desafios do próximo governo. Também neste fórum inicial haverá um painel de discussão com propostas para modernizar a Constituição com os juristas Nelson Jobim e Eros Grau, além do professor de Direito Joaquim Falcão, da FGV-RJ.

+++ESPECIAL: A Reconstrução do Brasil

O nome da série faz referência ao livro A Reconstrução do Brasil, um conjunto de reportagens do Estado,  assinadas pelo repórter José Fucs, sobre a agenda de reformas necessárias para o Brasil deixar para trás a maior crise econômica de sua história. O jornal publicou os textos entre setembro de 2016 e janeiro de 2017.

Os seis fóruns são inspirados em temas abordados no livro, que tem o prefácio escrito por FHC e traz ainda os editoriais publicados pelo jornal a respeito dos principais desafios da série, como reforma previdenciária, ajuste fiscal, cerco à corrupção, desestatização e novo pacto federativo.

+++TV ESTADÃO: Caminhos para 2018

Temas. “Em vista das eleições, foram acrescidos ainda painéis específicos sobre saúde, educação e segurança pública”, diz Fucs, que fez mais de 50 entrevistas para a produção do livro.

Parte desses especialistas ouvidos vai compor as mesas de debate dos Fóruns Estadão, que têm o objetivo de contribuir com o debate às vésperas da eleição presidencial mais importante do País desde 1989, a primeira da redemocratização.

Segundo escreveu FHC no prefácio do livro, a reconstrução do Estado e da economia brasileira será longa, exigirá perseverança e sentido de direção. “Nenhuma sociedade se move se não souber aonde quer chegar. E se não tiver uma razoável noção dos processos que a levaram às dificuldades do tempo presente.”

Cada fórum terá a duração de uma manhã, começando sempre às 9 horas e se encerrando por volta das 12h30. O debate será dividido em dois painéis temáticos, com moderação de jornalistas do Estado. Os eventos serão realizados na Unibes Cultural, na zona oeste de São Paulo, e terão ampla cobertura em todas as plataformas do Grupo Estado.

A série de eventos A Reconstrução do Brasil é uma parceria do Estado com a Unibes e tem apoio institucional do CLP (Centro de Liderança Pública), do Irice (Instituto de Relações Internacional e Comércio Exterior) e da Tendências Consultoria Integrada.

O primeiro debate, para convidados, terá transmissão ao vivo no portal estadao.com.br e nos perfis oficiais das redes sociais do Estado e da Unibes Cultural.

Programação

27/02: Hora de mudar

03/04: Caminhos para o crescimento

25/04: A força do federalismo e a integração global

29/05: Um País mais amigável aos negócios

25/07: Mais governança e mais segurança

31/08: Educação e saúde

 

 

Mais conteúdo sobre:
A Reconstrução do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.