Estado de saúde de Covas mantém-se inalterado

O estado de saúde do governador licenciado Mário Covas é estável, de acordo com informações dadas há pouco pelo urologista Sami Arap. Segundo o médico, o quadro do governador continua inalterado em relação à manhã, quando foi divulgado o único boletim médico do dia. Acompanhado da mulher, dona Lila, e da filha Renata, o governador está um pouco sonolento por causa dos antibióticos que está tomando. A cada três horas, segundo Arap, é feito um exame de sangue para controlar a taxa de açúcar do sangue de Covas. Se necessário é administrada insulina. O médico informou também que o governador ainda está com arritmia. "O caso do governador é como um prédio que está com as estruturas abaladas. Não adianta cuidar apenas de um lado", afirmou Arap ao fazer uma comparação sobre os diferentes problemas de saúde de Covas que está enfrentando desde que deu entrada no Incor na noite de ontem. Dona Lila dormirá esta noite com o marido no Incor, enquanto sua filha Renata irá para casa descansar. Nesta tarde, passaram pelo Incor alguns integrantes do governo paulista que não viram, no entanto, o governador. Secretários Walter Barelli (Trabalho), Mauro Arce (Energia) e Marcos Mendonça (Cultura), e o deputado estadual Walter Feldman estiveram no hospital. Um novo boletim médico sobre o estado de saúde do governador Mário Covas deve ser divulgado apenas amanhã após às 12h. A expectativa da equipe médica é de que o governador fique internado por sete dias no Incor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.