Ricardo Stuckert/PR/DIVULGACAO - 26/12/10
Ricardo Stuckert/PR/DIVULGACAO - 26/12/10

Estado de saúde de Alencar continua estável, conforme Sírio-Libanês

Por recomendação médica, Alencar não foi à posse de Dilma Rousseff

Gustavo Uribe ,

01 de janeiro de 2011 | 14h14

SÃO PAULO-  O estado de saúde do vice-presidente da República, José Alencar, permanece estável, com o sangramento intestinal controlado, conforme boletim divulgado, há pouco, pelo Hospital Sírio-Libanês. Alencar segue internado em unidade de internação (quarto) no Sírio-Libanês, em São Paulo.  Alencar foi hospitalizado no dia 22 para tratar uma hemorragia digestiva grave decorrente de um tumor no intestino. Ele já passou por mais de 15 cirurgias por causa dos tumores na região abdominal.  

 

A contragosto, o vice-presidente José Alencar não foi à cerimônia de posse da presidente eleita Dilma Rousseff, na tarde de hoje (1), em Brasília. O próprio Alencar comunicou os jornalistas que estavam na porta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para dar dessa informação e fazer a "sua cerimônia de despedida improvisada" do cargo. O vice-presidente disse que a presidência da República organizou a sua viagem para Brasília às 13h de hoje (1), mas, de última hora, ele decidiu acatar a recomendação de médicos e familiares para permanecer no hospital porque a viagem poderia trazer riscos.

 

"Os médicos ponderaram e concluíram que seria uma temeridade", explicou Alencar. O vice-presidente teria dito que sua esposa, Marisa, afirmou que não teria sentido sua ida à Brasília. Se Alencar viajasse, iria acompanhado de uma equipe médica, preparada para monitorá-lo durante todo trajeto. "Eu não paro de pé, estou exaurido", admitiu. "Os medicamentos me exauriram."

 

Alencar permaneceu sentado durante toda a conversa com os jornalistas. Na cerimônia improvisada no quarto do hospital, Alencar estava vestido com o terno que usaria na cerimônia de posse e tinha boa aparência. Ele disse que tem, ao deixar o cargo, o sentimento de dever cumprido.

Atualizado às 15h47

Tudo o que sabemos sobre:
posseDilma RousseffJosé Alencar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.