Estado da Austrália libera uso da maconha como medicamento

O estado mais populoso da Austrália, Nova Gales do Sul, permitirá o uso de maconha para fins medicinais durante testes clínicos que devem durar quatro anos. Segundo as autoridades locais, o princípio ativo da erva apresenta um alto poder analgésico e pode ser usado para atenuar os efeitos colaterais provocados pelo tratamento de câncer.O primeiro-ministro do Estado de Nova Gales do Sul, Bob Carr, disse que os testes são destinados a aliviar pacientes que sofrem de dores crônicas.Os pacientes terão acesso ao medicamento através do departamento de Saúde Pública do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.