Estadao.com.br tem apuração e entrevistas ao vivo

Portal oferece desde mapa com local de votação até análise com especialistas, na TV Estadão

O Estadao de S.Paulo

26 de outubro de 2008 | 00h00

Com alguns cliques além dos três botões que pressionará hoje na urna eletrônica, o eleitor-internauta encontrará hoje no portal www.estadao.com.br uma série de serviços, apuração em tempo real de todas as cidades onde haverá votação e uma ampla grade de programação, ao vivo, na TV Estadão.O site de apuração dos votos foi incrementado, em relação ao primeiro turno, e apresenta novas opções. Além do painel personalizado com até dez cidades, a livre escolha, é possível acompanhar a contagem dos votos por região do País ou simplesmente clicar, em um painel na parte superior da página, no nome de cada cidade.A TV Estadão entra no ar às 17 horas, horário em que se fecham as urnas em todo o País. Além de comentários sobre as pesquisas de boca-de-urna e sobre a própria apuração, que já terá começado, o internauta acompanhará as últimas notícias com os correspondentes em Belo Horizonte, Salvador, Rio, Brasília e Porto Alegre. Ainda na TV Estadão, haverá entrevistas com jornalistas do Grupo Estado e com personalidades paulistas de setores como saúde, educação, cultura e terceiro setor. A programação seguirá até o fim da apuração, na noite de hoje.OLHO NAS PROMESSASFerramentas inéditas lançadas já no primeiro turno pelo portal continuam a ajudar os indecisos, até o último minuto. Uma das mais inovadoras é o Eu Prometo - onde estão listadas as propostas, divididas por setor, dos políticos que disputam o segundo turno. A ferramenta ainda permite comparar o perfil completo e o programa dos candidatos - como Marta Suplicy (PT) e Gilberto Kassab (DEM), em São Paulo - e ler a declaração de bens entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao longo dos próximos quatro anos, esses dados coletados e checados pela equipe do portal poderão ser usados para cobrar os vencedores ou ver se eles cumprem tudo com que se comprometeram.ROTA E MAPASQuem não votou no primeiro turno e agora vai às urnas encontra mais uma ferramenta útil, o Onde Votar. É só digitar os números da zona e da seção - que podem ser localizados no título de eleitor - e a ferramenta indica o endereço no mapa, disponível para impressão. É possível traçar a rota de casa até o local de votação.Tão logo termine a apuração em todo o País, o portal atualizará outro serviço inédito, o Geografia do Voto - mapa com o resultado destas eleições e das três anteriores (de 1996, 2000 e 2004) em todos os municípios brasileiros. Além de conferir o ranking dos partidos com mais vitórias nas urnas, há um recurso interativo: ao selecionar uma legenda, o mapa fica colorido nas cidades em que venceu. Cada partido tem sua cor própria, o que permite facilmente comparar o desempenho e a evolução de cada um em pouco mais de uma década.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.