Estadão e JT terão especial sobre a imigração japonesa

O Grupo Estado ? por meio dos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde; e Portal estadao.com -, publica no próximo dia 2 de junho, segunda-feira, edição especial sobre os 95 anos da imigração japonesa no País. A edição especial trará matérias fotos e ilustrações sobre os impactos, reflexos e introdução de influências nipônicas (imigrantes, governo, empresas, tecnologias e recursos financeiros) nas várias áreas produtivas, como também nas áreas sociais, culturais, filosóficas e religiosas e as mudanças ocorridas na própria cultura brasileira.Entre outras reportagens, o caderno relembrará a chegada, em Santos, do navio Kasato Maru. Também haverá informações sobre a distribuição geográfica, o papel cultural e a participação dos imigrantes na economia, a influência na sociedade e melhoria na produção de alimentos, com a participação dos japoneses na pesca e na agricultura, com destaque para o projeto Cerrado, onde o governo do Japão realizou investimentos de longo prazo (vinte anos) transformando a região numa das maiores produtoras agrícolas do País. O especial tratará também do fenômeno dos 260 mil dekasseguis que, de temporários, passam a ser permanentes e preocupam os governos japonês e brasileiro que querem soluções conjuntas no que se refere a problemas de educação, saúde e violência. Os dekasseguis remetem algo em torno de US$ 2 a 3 bilhões por ano para o Brasil. Isso levou ao Japão bancos como o Banco do Brasil (uma dezena de agências), Bradesco e Banespa-Santander. Interessam-se por esta comunidade empresas como a Varig e organismos como Sebrae.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.