Esquema de segurança afasta imprensa de Palocci

O ministro da fazenda, Antonio Palocci, era esperado para a posse do Conselho de Administração da Câmara Americana do Comércio de São Paulo (Amcham-SP) com forte de esquema de segurança, por volta das 11h30. O esquema impede a aproximação da imprensa ao ministro.Os jornalistas teriam acesso restrito ao salão do evento, devendo entrar apenas quando Palocci estiver presente. O pronunciamento do ministro está previsto para começar às 14 horas, concluindo o evento.Os jornalistas não devem se aproximar do ministro nem na entrada nem na saída do evento, de acordo com o esquema de segurança organizado pela Amcham.É a primeira vez que a entidade organiza um esquema para manter um dos seus convidados protegido do acesso aos jornalistas. O ministro, que já esteve na Amcham anteriormente, nunca foi blindado desta forma.Uma centena de convidados em um coquetel aguardando o início do evento, que deve reunir cerca de 500 pessoas.Assessores pediramForam assessores diretos do ministro que solicitaramà Amcham o isolamento dos jornalistas durante o evento, para impedir que eles se aproximassem do ministro.No primeiro contato com a Amcham, esses assessores cogitaram que a imprensa não entrasse na sala onde Palocci discursará, sugerindo que os jornalistas acompanhassem o discurso em uma sala ao lado.Posteriormente, aceitaram que eles entrassem para acompanhar a fala do ministro, mas foram enfáticos ao solicitar um isolamento da imprensa.O ministro Palocci só confirmou que participaria do evento na última segunda-feira, quando seus assessores disseram que ele viria e pediram as restrições à circulação dos jornalistas.As informações são da assessoria de imprensa da Amcham São Paulo.Texto atualizado às 12h45

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.