Esporte anuncia comissão de sindicância

O Ministério do Esporte anunciou hoje a criação de uma comissão de sindicância para investigar a suposta participação de servidores da pasta em irregularidades administrativas.

Agência Estado

25 de outubro de 2011 | 00h06

O grupo irá apurar se dois servidores do Ministério ajudaram o policial João Dias Ferreira a despistar os órgãos de fiscalização da pasta que investigavam convênios assinados com duas Organização Não Governamentais (ONGs) controladas pelo militar. A denúncia foi feita pela revista Veja.

Ferreira acusa o ministro Orlando Silva de ser o principal beneficiário de um suposto esquema de desvio de dinheiro público por meio de convênios do Ministério com ONGs.

A decisão de criar a comissão partiu do próprio ministro, segundo nota publicada pela pasta. "De ordem do ministro do Esporte, Orlando Silva, o secretário-executivo do Ministério, Waldemar de Souza, constituiu uma comissão de sindicância para investigar acusações publicadas pela revista Veja", diz a nota. O Ministério não informou qual será o prazo que a comissão terá para investigar as denúncias.

Em sua mais recente edição, a revista Veja transcreve diálogos, gravados em 2008, entre Ferreira e dois servidores do Ministério: Fábio Hansen, então chefe de gabinete da Secretaria de Esporte Educacional, e Charles Rocha, que respondia pela chefia de gabinete da secretaria executiva. Nas conversas, os dois servidores indicam formas de evitar que as investigações contra Ferreira e suas duas ONGs siga adiante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.