?Espero que todos apóiem Delfim?, diz Dorneles

O ministro do Trabalho, Francisco Dornelles, disse serfavorável a que os partidos da base governista continuem aliados nas eleições presidenciais este ano. ?Espero que todos apóiem Delfim Netto?, disse, referindo-se a um dos pré-candidatos do seu partido, o PPB. ?Isso vai ser resolvido até junho?, disse, referindo-se à eventual formação de uma aliança governista ainda para o primeiro turno daseleições. O outro pré-candidato do PPB é o ministro da Agricultura,Marcus Vinícius Pratini de Morais, que também foi elogiado por Dornelles como ?um grande ministro da Agricultura? e que teve ?coragem de enfrentar todas as barreiras? comerciais junto à Organização Mundial do Comércio (OMC). ?Mas por afinidade, o pré-candidato do PPB do Rio é o Delfim?, declarou. Dornelles disse que será candidato a deputado federal e que é o presidente da República, Fernando Henrique Cardoso,que decidirá até quando ele ficará no Ministério. O prazo legal para os ministros deixarem o cargo para concorrer às eleições é 6 de abril.Dornelles, que recentemente nadou no Piscinão de Ramos, brincou com esse fato ao falar a empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) que o presidente da entidade, Eduardo Eugênio Vieira, que está com suspeita de dengue, talvez não tivesse contraído a doença ?se tivesse nadado no Piscinão de Ramos?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.