Escritório de Mão Santa é invadido pela 4ª vez em 2 anos

O escritório do senador Mão Santa (PMDB-PI) em Teresina foi arrombado pela quarta vez, na madrugada de hoje, em dois anos. Só em 2009 os bandidos já entraram duas vezes no escritório. A assessoria do parlamentar acredita que os ladrões abriram a porta com uma chave falsa, pois não havia sinais de arrombamento. Os documentos foram encontrados revirados, mas aparentemente, nenhum desapareceu.

LUCIANO COELHO, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 14h46

A invasão foi percebida depois que os funcionários viram todo o local revirado: papeis pelo chão, gavetas jogadas e o armário de aço arrombado com um pé de cabra. "Levaram até uma calça jeans que a secretária tinha comprado e esquecido numa gaveta. Mas o mais estranho é que não levaram nada, nem computador nem fax nem telefone. E tem várias salas no lugar, mas só entram na do senador Mão Santa. É realmente estranho", contou o assessor jurídico do parlamentar, Edvar Santos.

Ironizando o arrombamento, o advogado Edvar Santos disse acreditar que o bandido pode até ser fã do senador, porque levou um quadro do chargista Moisés dos Martírios, em que Mão Santa aparece como Romeu Montecchio e Adalgisa, sua esposa, como Julieta Capuleto, personagens da obra de William Shakespeare. Até agora não foram apontados suspeitos e a polícia vai investigar a invasão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.