Escolhida comissão para investigar CPI

Foram escolhidos os cinco integrantes da comissão de sindicância que vai investigar as denúncias de que membros da CPI das Obras Inacabadas teriam tentado extorquir dinheiro de um empreiteiro, em troca da exclusão de sua empresa da lista de companhias denunciadas por irregularidades. A comissão, que terá 15 dias para trabalhar, será formada pelos deputados Moroni Torgan (PFL-CE), Barbosa Neto (PMDB-GO), corregedor da Câmara, Romel Anísio (PPB-MG), Eduardo Barbosa (PSDB-MG) e Carlito Merss (PT-SC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.