Escolas de Sorocaba terão programa de combate à violência

As 15 escolas públicas de Sorocaba que registraram casos recentes de uso ou tráfico de drogas e de violência contra alunos e professores foram escolhidas para integrar o programa "Parceiros do Futuro", do Governo do Estado, voltado para o combate às causas da violência nos estabelecimentos de ensino. O programa, criado por lei estadual com base em projeto do deputado Hamilton Pereira (PT) terá início, na prática, em agosto. Cada estabelecimento terá uma equipe de professores e coordenadores incumbida de desenvolver atividades de cidadania, lazer e educação social. Os eventos envolverão os pais e as comunidades do entorno. As inscrições para a seleção dos professores de Educação Física e Artes que deverão trabalhar no programa já foram abertas. Segundo Pereira, o programa será de caráter preventivo, mas pode incluir ações de policiamento nas áreas próximas das escolas, em parceria com as guardas municipais. Na Escola Estadual Professor Antonio Cordeiro, do Parque das Laranjeiras, uma das participantes do programa, a polícia prendeu na noite de ontem o aluno J.C.S., de 17 anos, acusado de agredir verbalmente e ameaçar de morte uma professora que o proibira de usar boné na sala de aula.Levado à delegacia, o estudante pagou R$ 55,00 de fiança e foi liberado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.