Escola vende diplomas em SP

A reportagem da Rádio Eldorado AM/SP descobriu que uma escola sem licença para funcionar está comercializando diplomas do 1º e 2º graus em São Paulo. O esquema acontece no Centro de Matrícula Curso Preparatório, que fica na Rua Evans, número 49, no bairro de Vila Matilde, zona Leste da capital paulista. Não é preciso frequentar as aulas, apenas fazer uma prova. Para atrair interessados, várias faixas foram colocadas na Marginal Tietê. A reportagem da Rádio Eldorado telefonou para a escola e uma funcionária que se identificou como Hilda atendeu. Sem saber que falava com a imprensa, a mulher revelou detalhes sobre o esquema. Segue o diálogo:Repórter: "Que cursos vocês oferecem?"Hilda: "Temos o 1º e 2º graus. Você parou em que série?"Repórter: "Na verdade, não é para mim. É para minha irmã, que quer voltar a estudar. Ela parou na 5ª Série".Hilda: "Como é o nome da sua irmã?Repórter: "É Eliane".Hilda: "A Eliane pode estar vindo, tá, eu faço a matrícula dela. Com cinco dias úteis após a matrícula, ela fará uma prova e aguardará 30 dias úteis para estar recebendo o certificado.Repórter: "Esse certificado vale para..."Hilda: "Vale para qualquer parte do território nacional"Repórter: "Primeiro e segundo graus. Se ela quiser entrar na faculdade, pode?"Hilda: "Normalmente".Repórter: "E quanto custa?"Hilda: "Ela paga R$ 900 em quatro vezes".Repórter: "Mas já vale para os dois?"Hilda: "Já vale para os dois"Repórter: "Precisa freqüentar aula?"Hilda: "Não, não há necessidade".Repórter: "Quanto tempo demora para sair o certificado?"Hilda: "Trinta dias úteis, após a aprovação"Repórter: "E se ela não passar na prova?"Hilda: "Ela passa!".Segundo a atendente, o Centro de Matrícula-Curso Preparatório oferece esses "serviços" há 20 anos no mesmo endereço. Moradores do bairro, no entanto, a desmentiram e disseram que a "escola" está no local há cinco anos. A Secretaria Estadual de Educação informou que o estabelecimento não tem licença para funcionar. O Ministério da Educação, por sua vez, destacou que não reconhece os certificados emitidos pelo "colégio".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.