Erundina discute alianças até com o PSDB

A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), candidata do Partido Socialista Brasileiro (PSB) à Prefeitura de São Paulo, afirmou neste sábado, em São Paulo, que está debatendo com outros partidos alianças para as eleições deste ano. O PPS, o PDT, o PV e até o PSDB estão na mira. "Não há nenhum compromisso ainda, mesmo porque muitos partidos devem lançar candidatos no primeiro turno; mas estamos discutindo essas alianças", afirmou. A deputada realizou uma palestra para os pré-candidatos a vereador do PSB e disse a eles que os acordos com outros partidos terão consequências políticas de longo prazo. "Serão compromissos importantes para as eleições presidenciais de 2006", disse. Ela cobrou dos pré-vereadores rigor na "atitude ética" e fidelidade partidária.Caso eleita, Erundina pretende "repensar" o sistema tributário da Prefeitura, incluindo a polêmica taxa do lixo. Ela afirmou que manterá os Centros Educacionais Unificados, da atual prefeita Marta Suplicy (PT), por causa do caráter social. Mas pretende fazer mudanças nesse área. "Os CEUs têm manutenção onerosa, é preciso dimensionar os custos", disse. Ele declarou que aumentar a verba para a educação será "um compromisso de honra".Erundina foi vereadora entre 1982 e 1986 e prefeita de São Paulo entre 1989 e 1992, sempre pelo PT, partido que ajudou a formar e do qual se desligou quando assumiu, à revelia do partido, um ministério no governo de Itamar Franco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.