Erros do passado não justificam os do presente, diz Rebelo

O ministro da Coordenação Política e Assuntos Institucionais, Aldo Rebelo, disse hoje à Agência Estado que "hipotéticos erros do passado não podem justificar erros do presente". A afirmação foi feita ao comentar a declaração do ex-ministro da Cultura Francisco Weffort para quem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "reage ao denuncismo que ele (Lula) ajudou a engordar". A entrevista foi publicada na edição de ontem do jornal O Estado de S. Paulo.Aldo prosseguiu: "Mesmo que o Weffort tenha razão, isso não pode servir de pretexto para a defesa da mesma prática", afirmou o ministro após participar de entrevista ao vivo nos estúdios da Rádio Eldorado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.