''Errei ao dizer que era irrevogável'', diz Mercadante na web

O senador Aloizio Mercadante (SP) admitiu na noite de ontem ter cometido um equívoco ao afirmar na quinta-feira que sua renúncia à liderança do PT não teria volta. "Errei ao dizer que anunciaria uma renúncia irrevogável", disse, no Twitter, na internet. Mercadante pediu aos leitores que vissem seu discurso de sexta-feira para que "conhecessem as razões mais profundas" que geraram a sequência de ações contraditórias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.