Bruno Boghossian/AE
Bruno Boghossian/AE

Equipes de candidatos estacionam em vagas para deficientes

No Parque do Trote, na zona norte da capital paulista, veículos dos vereadores Agnaldo Timóteo (PR) e Chico Macena (PT), e do candidato João Jorge (PSDB) estacionaram em vagas reservadas para deficientes

Bruno Boghossian, de O Estado de S. Paulo,

18 de agosto de 2012 | 18h36

SÃO PAULO - Equipes de campanha de candidatos a vereador nas eleições de São Paulo estacionaram seus carros em vagas reservadas para deficientes físicos em frente a um parque público que foi projetado com foco na acessibilidade para deficientes. O local tem placas de sinalização e as vagas têm pinturas no chão para identificar a reserva do espaço.

Ficaram parados em local irregular na tarde deste sábado, 18, em frente ao Parque do Trote, na Vila Maria, zona norte da capital paulista, veículos dos vereadores Agnaldo Timóteo (PR) e Chico Macena (PT), e do candidato a vereador João Jorge (PSDB). Também estavam no espaço reservado um carro de reportagem de um jornal.

Integrantes da campanha à reeleição do vereador Agnaldo Timóteo (PR) estacionaram três carros sobre as vagas para deficientes físicos. Timóteo estava em outro carro, parado em um local permitido, mas ficou por uma hora ao lado dos veículos estacionados irregularmente.

Uma kombi com cabos eleitorais da campanha do vereador Chico Macena (PT) também estacionou em local proibido diante do Parque do Trote, por cerca de 10 minutos. Macena foi presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo na gestão de Marta Suplicy (PT) e tem como um dos focos de seu mandato a defesa de projetos de acessibilidade para deficientes físicos.

Um carro com um grande adesivo da campanha a vereador de João Jorge (PSDB) ficou estacionado no espaço reservado para deficientes físicos por mais de uma hora.

A administradora do Parque do Trote, Marília Ferraz, disse que avisou às equipes de campanha que o estacionamento no local era reservado para deficientes e criticou o uso irregular das vagas. Funcionários da subprefeitura de Vila Maria e Vila Guilherme que fiscalizavam o cumprimento da Lei Cidade Limpa no local fotografaram os carros dos candidatos.

O Parque do Trote foi projetado para receber deficientes físicos, visuais e auditivos, e tem equipamentos específicos para esse público.

O motorista que estacionar seu veículo irregularmente em vagas reservadas para deficientes físicos e idosos pode ser multado em R$ 53,20, e recebe 3 pontos na carteira de habilitação. O carro parado nesses locais sem um cartão de identificação pode ser rebocado.

Outro lado. O vereador Agnaldo Timóteo lamentou o comportamento de sua equipe e disse que vai pedir aos integrantes de sua campanha que não repitam o erro. "Lamento muito que tenham sido tão ignorantes. Tomarei providências para que isso jamais volte a acontecer", afirmou.

A equipe do vereador Chico Macena também informou que a coordenação de sua campanha vai orientar os militantes para que respeitem as leis de trânsito.

O Estado deixou um recado na caixa postal do candidato João Jorge, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.