Envio de correspondência continua suspenso

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) informou hoje que continuam suspensas as postagens para os países da América do Norte, América Central e Ásia. Cerca de 18 toneladas de correspondências estão retidas no Rio de Janeiro e em São Paulo por causa do fechamento dos aeroportos nos Estados Unidos. "Estamos recebendo todas as correspondências, mas avisamos às pessoas que elas podem chegar com atraso", disse hoje o assessor da presidência da empresa, Fausto Weiler.De acordo com ele, a empresa está preocupada com a imagem da instituição, já que os clientes não estão sendo bem atendidos. "Não fomos a única, todas as empresas interromperam as remessas para esses lugares", explicou.Todas as correspondências passarão pelos detectores de carta-bomba, de metais e um espectrômetro de massa, que identifica a presença de drogas. Segundo os Correios, essa é uma rotina normal no envio de objetos para o exterior.Até que a situação nos Estados Unidos seja normalizada, as cargas permanecerão retidas nos postos de atendimento dos Correios. Segundo a ECT, diariamente são entregues cerca de 20 mil objetos nos países da América do Norte, América Central e Ásia, com escala nos EUA. Desses, aproximadamente 10 mil seguem direto para os EUA. Os serviços de telegrama e fax operam normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.