Entrevistas de Dilma e Aécio foram canceladas, diz Globo

As entrevistas da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e do candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) ao Jornal Nacional foram canceladas porque "não foi possível se chegar a um acordo" sobre a duração do encontro, anunciou nesta quarta-feira a Rede Globo de Televisão.

DANIEL GALVÃO, Estadão Conteúdo

15 de outubro de 2014 | 20h41

A previsão era de que as entrevistas ocorressem na segunda (20) e terça-feira (21). De acordo com a assessoria de comunicação da Rede Globo, apesar de Dilma e Aécio terem aceitado serem entrevistados pelo jornal nessas datas, foram feitos por eles pedidos à emissora quanto ao tempo e ao formato da apresentação.

"Postulava-se que a duração da entrevista excluísse o tempo das perguntas", afirmou a Globo. No entanto, informou a assessoria, não foi possível um acordo porque o tempo de veiculação do telejornal, excluídos os intervalos, com o horário eleitoral gratuito, é, em média, de 21 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesDilmaAécioJornal Nacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.