ENTREVISTA-Para reeleger Dilma, PT quer ganhar terreno em 2012

Eleito para liderar o PT, o deputado estadual Rui Falcão (SP) avalia que o partido deve se fortalecer nas eleições municipais de 2012, mesmo tendo no governo federal uma aliança com 17 legendas, e acredita que uma campanha vitoriosa no ano que vem será vital para garantir a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014.

*FALCÃO RECONHECE DIFICULDADE, REUTERS

01 de maio de 2011 | 17h41

Falcão aposta que o PT terá mais candidatos a prefeitos no ano que vem do que 2008, mesmo diante dessa ampla aliança, com partidos também interessados em crescer no próximo pleito. O deputado, de 67 anos, foi candidato único para suceder José Eduardo Dutra na legenda. Dutra anunciou na sexta-feira que deixava o comando do partido por problemas de saúde.

"Imaginamos que nossas condições eleitorais são amplamente favoráveis, dada a grande popularidade que desfruta o PT, a presidenta Dilma (Rousseff) e o companheiro Lula

Mais conteúdo sobre:
POLITICAFALCAOENTREVISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.