Entidades debatem no Rio imprensa livre e impunidade

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) vão debater liberdade de imprensa e impunidade nos crimes contra jornalistas, hoje e amanhã, na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. Na abertura, membros da SIP e da Abraji discutirão questões ligadas ao tema Falhas e Brechas da Justiça: Como Evitar a Impunidade nos Crimes contra a imprensa. Em 2009, dois jornalistas foram mortos no País. No mundo, foram 133. Honduras e México são os lugares mais perigosos para o trabalho jornalístico atualmente.

AE, Agência Estado

18 Maio 2010 | 08h36

"As duas entidades vão assinar um documento com sugestões de como a Justiça poderia se comportar em crimes contra jornalistas", diz Marcelo Moreira, vice-presidente da Abraji e conselheiro do International News Safety Institute (Insi). Amanhã, o tema será Liberdade de Imprensa: Realidade, Obstáculos e Soluções. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
imprensa liberdade crimes debate Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.