Entidade se mobiliza para garantir cotas

O Instituto de Advocacia Racial e Ambiental entrou ontem com pedido no Órgão Especial do Tribunal de Justiça para atuar como assistente processual da Procuradoria-Geral do Estado contra ação impetrada pelo deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP). Liminar concedida na ação de Bolsonaro suspendeu a admissão pelo sistema de cotas nas universidades estaduais do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.