Entidade interamericana debate censura ao ?Estado?

A censura ao jornal O Estado de S. Paulo foi o tema do debate Liberdade de Imprensa: Realidade, Obstáculos e Soluções, ontem, durante o segundo dia do encontro organizado pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) e Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. Decisão judicial proibiu o jornal de publicar reportagens sobre a Operação Boi Barrica, na qual a Polícia Federal (PF) investigava Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB).

AE, Agência Estado

20 Maio 2010 | 11h03

Ex-presidente da SIP, Júlio César Mesquita, membro do Conselho de Administração do Grupo Estado e vice-presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), abriu o seminário ressaltando a importância do trabalho da Sociedade Interamericana de Imprensa que há mais de 60 anos defende a liberdade de expressão.

"A SIP sustenta que o mais básico dos direitos, depois do direito à vida, é o direito à livre expressão porque somente onde ele é exercido é que pode haver a monitoração, a fiscalização e a proteção apropriadas dos demais direitos fundamentais", defendeu. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
imprensa censura Estado SIP debate

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.