Entidade empresarial do Rio lança manifesto de apoio à 'faxina'

No texto, Firjan cobra atitude mais efetiva dos sindicatos em favor do combate à corrupção

Luciana Nunes Leal, de O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2011 | 13h17

RIO - A Federação de Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) lançou, na tarde desta terça-feira, 6, o Manifesto do Empresariado Brasileiro em Favor da Ética na Política, de "apoio incondicional às medidas de combate à corrupção levadas a cabo pela presidente Dilma Rousseff".

 

No texto, os empresários cobram uma atitude mais efetiva dos sindicatos em favor das medidas contra corrupção. "A mobilização não deve se restringir ao empresariado. É necessário que toda a sociedade civil se posicione, incluídas as principais entidades representativas dos trabalhadores", diz o manifesto.

 

 

No lançamento do documento, foram homenageados os senadores que integram a Frente Suprapartidária de Combate à Corrupção e à Impunidade, como Cristovam Buarque (PDT-DF), Eduardo Suplicy (PT-SP), Jarbas Vasconcellos (PMDB-PE), Marcelo Crivella (PRB-RJ) e Pedro Simon (PMDB-RS).

 

Atualizado às 16h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.