Entidade critica Ciro por declarações sobre aborto

As declarações feitas pelo deputado Ciro Gomes (PSB-SP) ao jornal O Estado de S.Paulo, classificando como "calhordice" a polêmica em torno do aborto, provocaram repúdio por parte do Comitê Cearense da Cidadania pela Vida Brasil Sem Aborto. A organização integra o Movimento Nacional da Cidadania pela Vida, que se autodenomina de natureza suprapartidária e suprarreligiosa.

AE, Agência Estado

09 de outubro de 2010 | 08h11

O Comitê Cearense lançou ontem nota contestando os argumentos de Ciro. "É lamentável que lideranças políticas locais, regionais ou nacionais, frente ao debate nacional que muito apropriadamente tem pautado o tema da legalização do aborto, nestas eleições, estabeleçam um cenário de meias-verdades, que em nada contribui para a consolidação da democracia brasileira", diz a nota.

A entidade afirmou repudiar toda e qualquer manipulação da opinião pública com objetivos de ganhar, a qualquer custo, a eleição presidencial neste segundo turno. Segundo a nota, a intenção é chamar a atenção para determinadas informações veiculadas pela mídia.

comunitários. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010abortoCiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.