Entidade contesta teto salarial do Estado

A Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme) entrou com ação direta de inconstitucionalidade no STF contra dispositivo da Constituição estadual que permite a existência de dois tetos salariais no Estado. Emenda à Constituição estadual permite a adoção de um teto para auditores fiscais da Receita estadual que exclui os oficiais militares da polícia e do Corpo de Bombeiros.O relator do processo é o ministro Joaquim Barbosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.